Miss Saigon – o representante da cidade Paris do Oriente

Morar em São Paulo é um privilégio para fãs da gastronomia! Temos a oportunidade de conhecer vários sabores, culinárias, comidas e estilos diferentes. Isso graças à enorme variedade cultural e aos diferentes povos que vieram para São Paulo em busca de oportunidades.

Depois da Guerra do Vietnã, cerca de 2 milhões de vietnamitas se refugiaram de perseguições políticas e se lançaram em botes no alto mar à espera da ajuda de navios de outros países.
Um dos refugiados que foram encontrados por um navio da Petrobrás e trazidos ao Brasil foi Von Van Phuoc, o proprietário do primeiro e, até o momento, único restaurante vietnamita no Brasil: o Miss Saigon!

Para muitos, Miss Saigon deve lembrar a música Saigon de Emilio Santiago (anoiteceeeeeu!…) ou o famoso musical da Broadway que teve montagem no Brasil em 2007, mas neste caso vamos falar especificamente deste restaurante que nos premia com sabores e pratos típicos deste país do sudeste asiático.

Seu cardápio é bastante recheado e muitos pratos tem macarrão de arroz, broto de feijão, amendoim e ervas, o que é muito típico da culinária asiática. Devido ao número de opções, vale a pena pedir apoio aos garçons! Aliás, o atendimento do restaurante é excelente, inclusive você pode ter a oportunidade de conversar com o proprietário ou com o filho dele, que farão quest
ão de explicar a história do restaurante e da pequena colônia vietnamita no Brasil.

FullSizeRender-3Para a primeira experiência, fomos de Mix Miss Saigon na entrada, que é um combinado com
um pouco de cada entrada que eles tem no restaurante (fresh spring roll – um tipo de rolinho
primavera com vegetais e enrolado em massa papel de arroz, bastões de frango, espeto de
carne enrolado com bastão de erva cidreira, salada e um molho maravilhoso).

 

Como prato principal, fui de bun thit nuong, que é uma tigela com espaguete de arroz com carne suína, rolinho primavera, molho e salada. Novamente o molho que você joga sobre a comida é maravilhoso, parece um azeite com alguma pimentinha, que de certa forma fica suave (odeio comida apimentada, então posso garantir que não é ardido).IMG_3012

Na sobremesa, o pedido foi um bahn chuoi, que é uma torta vietnamita de banana caramelada que não lembra nada a sobremesa dos restaurantes chineses, vem quentinho e parece uma gelatina ou um moti amarelinho misturado com banana e calda de leite de coco. Particularmente, achei diferente e muito bom!
IMG_3019

Para quem gosta de café, a bebida é oferecida do modo vietnamita, ou seja, coado, gelado e com leite condensado!

Vale muito a pena conhecer o local e preferencialmente acompanhado para uma experiência completa pedindo diferentes pratos! Certamente você vai querer voltar para provar as outras delícias do local, como diria o Emilio Santiago no final de sua música: “Espero você voltar pra Saigon…”

Ambiente e serviço: O local é simples com decoração vietnamita e você é recebido com um tuk tuk (típico veículo do sudeste asiático) na porta. Como dito anteriormente, o atendimento é muito amigável e você terá a oportunidade de conversar com vietnamitas autênticos da pequena colônia que temos no país.

Preço: a maioria dos pratos custam em média por volta de 40 reais, e o mix que é a porção de entradas serve duas pessoas muito bem custa 60 reais. Atenção que muitos pratos são para mais de uma pessoa.

Horário: Segunda-Feira (fechado), Terça aQuinta-Feira (18:00 – 22:30), Sexta (12:00 – 15:00 / 18:00 – 23:30), Sábado (12:00-16:00 / 18:00 – 23:30), Domingo (12:00 – 17:00).
Endereço: Alameda dos Jurupis, 1374 – Moema – São Paulo (com vallet no local)

Que tal uma experiência com uma culinária diferente como a vietnamita? Vamos comer fora?

Tartar & Jacquin – Minha experiência no Tartar&Co

Semana passada estava com fome passando pelo bairro de Pinheiros em São Paulo. Lembrei do Tartar&Co, que eu já tinha ido uma vez ano passado. Então, resolvi comer lá de novo.

Da primeira vez que fomos, estava bom, mas não excepcional: achei a porção do Steak Tartare meio pequena pelo preço cobrado e o Sommelier não era muito claro com as recomendações que deu.FullSizeRender
Mas tudo mudou semana passada. Fomos bem recebidos logo de entrada (da outra vez também fomos, a recepção dos clientes lá é amistosa).

Sentei no espaço externo, pois dentro estava muito cheio. Da outra vez não estava tão cheio assim, logo pensei que pudesse ser por causa do Masterchef, já que o Erick Jacquin, que é consultor do restaurante, “deu o que falar” no programa.

E eu estava certa, na real o restaurante estava lotado porque o próprio Jacquin estava no restaurante! Estava gravando para um reality que passará na FOX, de sua vida, e parece que vai ser bem bacana.

Sentamos e pedimos dois chopes Stella Artois (R$ 6,90 a taça). Estava bem gelado.

Pedimos de entrada um croque madame, R$ 28,00 (pão brioche com bechamel, presunto e queijo com ovo frito!), que não demorou pra chegar. Estava bem gostoso!!! O queijo estava derretido e o ovo servido em cima, perfeito.

Como prato principal, pedimos o Steak Tartare de Boeuf R$ 46,00. Vem com uma saladinha de alface e estava bem servido (deu diferença da vez anterior que fomos).

De sobremesa, fomos de petit gateau R$ 19,00, que na receita deles vem sem calda por cima, mas estava bem gostoso também.

O Jacquin foi de mesa em mesa perguntando como estava a comida e batendo um papo com todos. Elogiei os pratos e tirei uma foto com ele. Um fofo!
Resumindo minha experiência, foi positiva, comida muito boa e gente bonita. De quebra participação especial do Jacquin no meu jantar, ou participação especial minha no reality dele! kkk

E aí? Vamos comer fora?

Endereço: Avenida Pedroso de Morais, nº 1003.
Horário de Funcionamento:
Segunda-Feira: 12h às 15h.
Terça a Quinta-Feira: 12h às 15h e 19h às 00:30h.
Sexta-Feira: 12h às 15h e 19h à 1h.
Sábados: 12:30h à 1h.
Domigos: 12:30h às 17:30h.

O primeiro post do blog! BIYOU’Z – um restaurante africano no Centro de SP

Nosso primeiro post do blog! E resolvemos começar com estilo! Quem gosta de comida diferente vai amar o BIYOU’Z, restaurante africano no centro de SP. Fomos no almoço, Willian e eu, e resolvemos fazer um menu degustação nosso. Pedimos vários pratos, inclusive o do dia, que era o Malang (banana da terra frita e peixe frito com molho acebolado – R$16,00).

IMG_3218

Amei todos, sem restrição. É uma comida diferente do que vemos por aí, mas nada chega a ser exótico, como se espera um restaurante camaronês.

Muito peixe, muita banana frita e a especialidade da casa: FUFU! Isso mesmo, o Fufu vem em duas versões, de milho e de arroz, ambos bem deliciosos!

O preço é muito bom e o local, apesar de pequeno, é bem agradável. O atendimento não demorou e a comida chega rápido também.

Os garçons são muito simpáticos e a conta sai na hora, escrita na sua frente pelo garçom, o que a gente não vê mais por aí atualmente. Apesar da simplicidade, aceita cartão de crédito e de débito.

IMG_3223

Vale a pena a visita!! Traremos outros restaurantes do centro que valham a pena visitar no almoço e no jantar, mas resolvemos começar por esse que é bom e barato.

Vamos comer fora?

BIYOU’Z. Alameda Barão de Limeira, nº 19, São Paulo.
Horário de Atendimento é de segunda a sexta-feira das 11h às 15h e sábado e domingo das 11 às 17h.