Arimbá

Fui conhecer o Restaurante Arimbá sábado passado. Retornei ontem, quarta-feira, 4 dias depois, tamanha delícia que é esse lugar.

A culinária do local é típica tropeira, campeira e caipira, como seu próprio site apresenta, com cardápio elaborado pela Chef Angelita Gonzaga.

No sábado fui ao restaurante pra fazer aquele almoço de final de semana: começamos com uma cachaça artesanal da casa de Blueberry e rapadura: divina.

WhatsApp-Image-20160718Passamos para a salada, que me surpreendeu muito. Sempre que pensamos em salada, vem à cabeça, alface e tomate e algo mais, nada de extravagante. Mas essa salada estava divinamente especial, com folhas verdes, tomate, carpaccio de maxixe, lascas de abóbora, pimenta de cheiro, cubos de queijo canastra e azeite de ervas.

Já fiquei ansiosa para o prato principal, já que a salada estava além das minhas expectativas. Pedimos arroz bêbado (toucinho artesanal, linguiça caseira de porco, cachaça, couve rasgada e pimenta de cheiro), matuto (ensopado de feijão manteiga com costela bovina) e um ovo caipira pra acompanhar (sim, é muita comida pra duas pessoas, mas tínhamos que provar o maior número de pratos para o blog, tudo em nome da ciência).

WhatsApp-Image-20160718 (1)O arroz estava muito delicioso, os ingredientes combinavam e eram muito frescos. O feijão estava maravilhoso também.

O preço foi bem justo e o sabor é sem igual. Para os amantes da boa comida, comida de vó que cozinha na panela de barro, é um prato cheio.

Ah, sem esquecer do cafezinho, coado ali mesmo na mesa e servido em xícaras de alumínio, o toque que faltava para fechar essa refeição tão brasileira.

Ainda temos “o melhor garçom do Brasil”, que serve as mesas com alegria e muito carisma.
Só abre para o almoço, com exceção de sexta-feira, que abre à noite, com direito a musica ao vivo.

E aí? Vamos comer fora?

Endereço: R. Min. Ferreira Alves, 464 B – Vila Pompeia, São Paulo – SP, 05009-060.

Horário de Funcionamento:
segunda-feira: Fechado.
terça-feira: 12:00–16:00.
quarta-feira: 12:00–16:00.
quinta-feira: 12:00–16:00.
sexta-feira: 12:00–23:00.
sábado:12:00–18:00.
domingo: 12:00–18:00.

Tartar & Jacquin – Minha experiência no Tartar&Co

Semana passada estava com fome passando pelo bairro de Pinheiros em São Paulo. Lembrei do Tartar&Co, que eu já tinha ido uma vez ano passado. Então, resolvi comer lá de novo.

Da primeira vez que fomos, estava bom, mas não excepcional: achei a porção do Steak Tartare meio pequena pelo preço cobrado e o Sommelier não era muito claro com as recomendações que deu.FullSizeRender
Mas tudo mudou semana passada. Fomos bem recebidos logo de entrada (da outra vez também fomos, a recepção dos clientes lá é amistosa).

Sentei no espaço externo, pois dentro estava muito cheio. Da outra vez não estava tão cheio assim, logo pensei que pudesse ser por causa do Masterchef, já que o Erick Jacquin, que é consultor do restaurante, “deu o que falar” no programa.

E eu estava certa, na real o restaurante estava lotado porque o próprio Jacquin estava no restaurante! Estava gravando para um reality que passará na FOX, de sua vida, e parece que vai ser bem bacana.

Sentamos e pedimos dois chopes Stella Artois (R$ 6,90 a taça). Estava bem gelado.

Pedimos de entrada um croque madame, R$ 28,00 (pão brioche com bechamel, presunto e queijo com ovo frito!), que não demorou pra chegar. Estava bem gostoso!!! O queijo estava derretido e o ovo servido em cima, perfeito.

Como prato principal, pedimos o Steak Tartare de Boeuf R$ 46,00. Vem com uma saladinha de alface e estava bem servido (deu diferença da vez anterior que fomos).

De sobremesa, fomos de petit gateau R$ 19,00, que na receita deles vem sem calda por cima, mas estava bem gostoso também.

O Jacquin foi de mesa em mesa perguntando como estava a comida e batendo um papo com todos. Elogiei os pratos e tirei uma foto com ele. Um fofo!
Resumindo minha experiência, foi positiva, comida muito boa e gente bonita. De quebra participação especial do Jacquin no meu jantar, ou participação especial minha no reality dele! kkk

E aí? Vamos comer fora?

Endereço: Avenida Pedroso de Morais, nº 1003.
Horário de Funcionamento:
Segunda-Feira: 12h às 15h.
Terça a Quinta-Feira: 12h às 15h e 19h às 00:30h.
Sexta-Feira: 12h às 15h e 19h à 1h.
Sábados: 12:30h à 1h.
Domigos: 12:30h às 17:30h.

O primeiro post do blog! BIYOU’Z – um restaurante africano no Centro de SP

Nosso primeiro post do blog! E resolvemos começar com estilo! Quem gosta de comida diferente vai amar o BIYOU’Z, restaurante africano no centro de SP. Fomos no almoço, Willian e eu, e resolvemos fazer um menu degustação nosso. Pedimos vários pratos, inclusive o do dia, que era o Malang (banana da terra frita e peixe frito com molho acebolado – R$16,00).

IMG_3218

Amei todos, sem restrição. É uma comida diferente do que vemos por aí, mas nada chega a ser exótico, como se espera um restaurante camaronês.

Muito peixe, muita banana frita e a especialidade da casa: FUFU! Isso mesmo, o Fufu vem em duas versões, de milho e de arroz, ambos bem deliciosos!

O preço é muito bom e o local, apesar de pequeno, é bem agradável. O atendimento não demorou e a comida chega rápido também.

Os garçons são muito simpáticos e a conta sai na hora, escrita na sua frente pelo garçom, o que a gente não vê mais por aí atualmente. Apesar da simplicidade, aceita cartão de crédito e de débito.

IMG_3223

Vale a pena a visita!! Traremos outros restaurantes do centro que valham a pena visitar no almoço e no jantar, mas resolvemos começar por esse que é bom e barato.

Vamos comer fora?

BIYOU’Z. Alameda Barão de Limeira, nº 19, São Paulo.
Horário de Atendimento é de segunda a sexta-feira das 11h às 15h e sábado e domingo das 11 às 17h.